pesquisa actualidades

Como começar do zero e ter sucesso no mercado Imobiliário, Dora Araújo

06 Fevereiro 2021

Dora Araújo veio do Brasil com um caminho de 20 anos em Direito Imobiliário, tendo começado do zero na área de vendas de imóveis em Portugal.

É consultora imobiliária no Siimgroup, em Lisboa, desde o principio de 2019.

Apesar dos desafios deste último ano, Dora já foi premiada pela sua faturação e conta-nos como foi o seu percurso.

A que atribui o facto de estar há menos de 2 anos na RE/MAX Siimgroup e já ter sido premiada por faturação no ano passado?
Primeiro, a paixão que tenho pelo ramo imobiliário: o imobiliário está na vida de todas as pessoas, todas as pessoas precisam de casa.
É preciso gostar de relações humanas e saber adequar o trabalho a cada Cliente: “cada caso é uma casa", como diz o Massimo Forte.
Nos últimos 20 anos a minha experiência jurídica em direito imobiliário permitiu-me adquirir muitos conhecimentos técnicos, que me têm valorizado e dado credibilidade perante os clientes.
Ainda atribuo o sucesso que tenho tido à prioritização de relações transparentes e éticas: Com os meus Colegas, com os meus Clientes e com todos aqueles com os quais me relaciono profissionalmente.
Aqui em Portugal, os resultados também se devem ao suporte do grupo onde me insiro, a RE/MAX Siimgroup, que é reconhecida neste mercado, com todas as ferramentas necessárias para que possa desenvolver o meu negócio.

Os anos de experiência como advogada são uma mais-valia agora nas vendas?
Sem dúvida. A minha formação em Direito com especialização no ramo imobiliário engloba assuntos que se relacionam estritamente com o imobiliário, como o direito de família e o direito sucessório.
Embora não exerça advocacia em Portugal, quando surgem estas questões posso ajudar os meus Clientes, dando sugestões de possiveis soluções para cada caso.
Também tenho formação em mediação de conflitos e arbitragem, o que me permite ajudar todas as partes na conclusão do negócio.

Tem alguns conselhos para quem queira começar do zero no imobiliário e construir a sua própria base de dados de Clientes?
É preciso muita dedicação e compromisso, deve-se encarar esta actividade como um trabalho a tempo inteiro. É também muito importante escolher uma marca e grupo com os quais a pessoa se identifique. No meu caso, quando escolhi a RE/MAX Siimgroup, já acompanhava o grupo há meses pelas redes sociais e identificava-me.
Outro ponto importante é ter um planeamento e metas desenhadas, aplicando-as de forma ética, organizada e comprometida com os Clientes e Colegas. Assim, vão-se fazendo negócios e parcerias que são fruto de boas relações, baseadas no respeito e na confiança, e resultam em relações duradouras que irão trazer, de futuro, mais negócios e parcerias.
Participar em formações e manter-se informado é fulcral, só assim nos sentimos seguros perante o Cliente e a exercer o que nos propomos a fazer.

Como tem adaptado o seu trabalho perante as mudanças provocadas pela pandemia?
A situação pandémica exigiu mais dos Consultores e das pessoas que trabalham no mercado imobiliário. Estamos a aprender muito, a aperfeiçoar e desenvolver novas técnicas.
Mas as bases do mercado imobiliário são necessidades das pessoas nas várias fases da sua vida. Casam-se, separaram-se, têm filhos, surge uma herança, uma necessidade de investimento. Essas alterações sociais não mudam. Com a pandemia, essas necessidades e motivações foram acrescidas.
O que tenho feito é adaptar-me a esta nova realidade, dando soluções úteis a quem me procura.
Estamos todos distanciados, mas próximos, no sentido de procura de soluções digitais que permitam servir melhor os Clientes.

Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.