Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Notícias

É possível começar a trabalhar no Mercado Imobiliário agora?

22.04.2020

A Ana Morais é Consultora Imobiliária no Siimgroup desde 2005. Actualmente também divide o seu tempo a acompanhar e a dar formação aos novos Consultores que chegam ao Grupo. 

Os tempos estão diferentes, mas o acompanhamento aos “Rookies” mantém-se. A Ana adaptou-se, e remotamente tem dado formação online dois dias por semana, chegando a ter sessões com a participação de 60 pessoas. Convida ainda, Consultores mais experientes que aproveitam para reavivar a memória em alguns assuntos sobre o “Back to Basics” desta atividade. 

“São todos bem-vindos, aquilo que eu faço aqui é uma troca de ideias e experiências, transmito o meu know-how aos que acabam de começar nesta atividade”, acrescenta a Ana.

A Ana apoia os rookies em momentos cruciais para o negócio, tais como: no seu primeiro contacto com o Cliente, numa pré-angariação, numa elaboração de uma proposta, num plano de marketing, entre outros. 

Quisemos saber mais, sobre a opinião que a Ana tem relativamente a começar a trabalhar no Mercado Imobiliário durante o período que estamos a atravessar.

Ana, um consultor que está a começar nesta altura, o que deverá fazer para desenvolver o seu negócio?

Eu acredito que quem começou recentemente, deve aproveitar mais do que nunca, este momento de resguardo para investir mais tempo e aproveitar a formação que a RE/MAX Portugal e o Siimgroup dão online. 

Considero que é importante a presença dos consultores nas Redes Sociais, porque promovem o contacto com conhecidos, amigos e ainda aproveitam para estabelecer contactos com pessoas que não conhecem.

É possível fazer novos clientes numa época em que a nossa movimentação está condicionada?

Sim. A possibilidade que a rede nos dá, de partilhar os imóveis angariados por outros consultores do Siimgroup, é uma forma de promover contactos junto das pessoas que nos conhecem. São potenciais clientes que estão à procura de um imóvel com aquelas características. E a partilha desta informação, poderá ser o ponto de partida para que o potencial cliente nos contacte, a fim de o ajudar a encontrar uma solução imobiliária.

O que motiva e fortalece a Ana ao longo destes 15 anos de atividade imobiliária?

É o facto de esta ser uma atividade de pessoas, de relações e confiança. Só depois de tudo isto, e ainda da demonstração de transparência e profissionalismo, é que vem o negócio. A prioridade é mesmo esta. Gosto genuinamente de estar, conversar e de ajudar pessoas.

Neste período em que está em casa, a Ana aplica o que ensina?

Sim. Neste momento estou a tentar contactar todos os meus clientes. No primeiro instante da conversa, gosto de saber se os próprios e as famílias estão bem de saúde, sei que ficam contentes com este cuidado. E depois, através desta aproximação falamos sobre o mercado atual e aparecem algumas oportunidades de negócio. Hoje mesmo, falei com uma cliente e deverei ter brevemente, uma nova angariação.

Nestes 15 anos, a Ana permanece na mesma agência, a RE/MAX Siimgroup Capital, porquê? 

Em equipa vencedora não se mexe. De facto, eu tive a sorte de me cruzar logo ao início com o Pedro Pote e o António Nunes (Brokers Siimgroup). Mantendo-se brokers até hoje. Existem pessoas com quem eu trabalho desde o primeiro dia e, se aqui continuo é porque gosto muito delas, são pessoas sérias e que se tornaram amigas. Os outros brokers que completam o Siimgroup são igualmente fantásticos e acho que temos os melhores líderes dentro da rede RE/MAX.

Ana, nesta quarentena aprendeu que todos somos mais fortes e capazes de fazer mais coisas do que aquilo que pensávamosO que nos diz sobre isto?

É nestas situações mais adversas que conseguimos adaptar-nos e recriar-nos. É sobretudo isso. E eu acho que conseguimos.